Trabalhadora morre na construção do IKEA em Loulé

Ajustar Comente Impressão

Um acidente no exterior do cais de descarga da loja do IKEA Loulé, com abertura prevista para 30 de abril, provocou hoje a morte de um trabalhador. O Sul Informação apurou que a Autoridade para as Condições no Trabalho (ACT) está no local.

A vítima de 37 anos foi atingida por paletes de madeira, durante uma pausa para fumar. Segundo a TVI, a mulher que morreu era uma funcionária de um serviço de limpeza.

Segundo a mesma fonte, "a mulher estaria a fazer trabalhos dentro das instalações do IKEA". O óbito foi verificado no local por um médico do INEM.

"A equipa da IKEA Portugal está no local e, em conjunto com todos os intervenientes e com as autoridades, estão a trabalhar no apuramento dos factos", lê-se no comunicado, que acrescenta que as autoridades "foram prontamente alertadas".

Responderam ao sinistro duas patrulhas da Guarda Nacional Republicana (GNR) com dois homens em cada uma, um veículo de desencarceramento, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Albufeira, uma mota do INEM de Faro e o veículo CBV de Faro (também do INEM).

Este não é o primeiro acidente mortal na construção deste IKEA, em Loulé. Já que em setembro do ano passado, um outro funcionário morreu no decorrer das obras, num incidente que também envolveu uma máquina.

Comentários