Foram recuperados 69 animais mal tratados em Setúbal

Ajustar Comente Impressão

Através do Núcleo Proteção Ambiental (NPA), o Comando Territorial de Setúbal da GNR recuperou 69 animais que estavam fechados numa casa, por falta de condições e maus tratos, no passado dia 9 de maio, em Alhos Vedros, na Moita.

A busca domiciliária à residência realizou-se no âmbito de uma investigação dirigida pela Secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) da Moita.

De acordo com o comunicado da GNR, a residência em causa já tinha sido alvo de algumas denúncias e fiscalizada por várias entidades, apesar disso, nos últimos tempos, verificou-se um "agravamento das condições de bem-estar animal, salubridade pública e eventualmente maus-tratos".

Um gaio comum (espécie protegida) foi entregue ao ICNF. Os 68 animais de companhia foram encaminhados para o Centro de Recolha Oficial do Barreiro e Moita para acolhimento e assistência médico-veterinária, ficando à guarda deste centro até que sejam encaminhados, por decisão judicial, para posterior adopção.

Comentários