Dois irmãos morrem afogados no Rio Vouga

Ajustar Comente Impressão

O irmão foi retirado da água mais tarde, já cadáver.

A criança mais velha entrou na água para ajudar a mais nova.

As buscas para encontrar os dois jovens desaparecidos, este domingo, no mar junto a Espinho foram retomadas às 08h00, disse à Lusa uma fonte do centro coordenador de Busca e Salvamento Marítimo.

Os dois irmãos, juntamente com a família, de Santa Maria da Feira, estavam a tomar banho no rio Vouga.

Uma menina de 14 anos que, com outra criança de 11 anos, desapareceu no rio Vouga, em Águeda, foi resgatada inconsciente da água, decorrendo neste momento manobras de reanimação, disse à Lusa o CDOS de Aveiro. Os desaparecimentos ocorreram em zonas balneares.

Os dois jovens desapareceram no mar quando supostamente foram levados por uma onda. No Rio Vouga, o incidente segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Aveiro refere que o alerta foi dado às 14h39. No local estiveram os bombeiros das corporações de Águeda e Albergaria-a-Velha.

O local do acidente não está classificado como praia fluvial, mas é uma zona do rio Vouga que, pesl condições que tem, é assim usada.

As crianças estavam junto à ponte de Sernada, Macinhata do Vouga, Águeda.

Comentários