Carille antecipa escalação de Paulo Roberto no Corinthians contra o Grêmio

Ajustar Comente Impressão

Minimizando o impacto que o resultado terá na campanha de ambas equipes no Brasileiro, o treinador do líder da competição reconheceu apenas que a possibilidade de encarar um time grande, atual vice-líder, na casa do adversário, será um bom teste para o seu elenco.

Definitivamente não foi uma apresentação maravilhosa do Corinthians. O Timão fez 3 a 0 com gols de Jô, Balbuena e Marquinhos Gabriel.

Na Arena Corinthians, Jô, Balbuena e Marquinhos Gabriel foram os autores dos gols da vitória por 3 a 0 contra o Bahia, que levou o time paulista aos 23 pontos, garantindo a ponta da tabela de classificação mesmo que o Grêmio vença o Coritiba em partida que fecha a rodada, em Porto Alegre, ainda nesta noite.

Na última vez, no dia 16 de novembro de 2014, o Timão venceu o Bahia por 2 a 1 na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA, com gols de Malcom e Renato Augusto.

O volante Paulo Roberto fará mais um jogo decisivo pelo Corinthians, neste domingo, às 16h, contra o Grêmio, pela décima rodada do Brasileirão.

O confronto começou em um ritmo interessante.

O time terá mudança, como a volta de Allione e Edson à frente da zaga, este depois de cumprir suspensão automática na derrota de 4 a 2 para o Palmeiras. Os dois times ficaram com dez jogadores em campo.

O Bahia, por sua vez, valorizava a posse de bola para inibir as investidas corintianas. Isso transformava o lado muito forte fazendo com que os baianos ficassem atentos ao setor.

O placar parecia estar definido, mas o Corinthians evitaria uma pressão nos minutos finais. Aos 24 minutos, Jô recebeu passe de Fagner, driblou o goleiro Jean e mandou para as redes, minutos depois de ter perdido uma chance incrível dentro da área. O Bahia, por sua vez, usava chutes de média e longa distância tentando algo melhor, com alguma dificuldade de penetrar na defesa. Com um corte na cabeça, o lateral alvinegro voltou ao jogo com uma touca.

O cenário parecia que iria mudar a partir dos 11 minutos do segundo tempo, quando Gabriel foi expulso.

No segundo tempo, o jogo estava truncado até que Gabriel fez falta em Vinícius e acabou expulso.

Outro que deu as caras no campo foi o meia Danilo, em recuperação da cirurgia na fíbula da perna direita, realizada em agosto do ano passado. As equipes tinha dificuldades de chegar ao ataque, observando, inclusive, a ausência de um atleta para cada lado. Aos 34, Balbuena aproveitou cobrança de escanteio e marcou o segundo gol, dando alívio aos donos da casa.

A única preocupação do treinador é com Marquinhos Gabriel.

Comentários