Crianças morrem trancadas dentro de carro. Mãe queria "dar uma lição"

Ajustar Comente Impressão

Uma mulher está sendo acusada de ser responsável pela morte de seus dois filhos, uma menina de dois anos e um menino de um ano, após ela trancá-los dentro de um carro para "ensinar uma lição". As mortes aconteceram no passado mês de maio. "Quando elas se negaram a sair do carro, a acusada disse que fechou a porta para ensinar uma lição à garotinha, pensando que ela poderia sair do carro, junto com seu irmão", diz um documento da polícia. Mas a investigação, revela a CNN, contou uma história diferente. Foi-se embora, julgando que as crianças seriam capazes de sair do veículo quando quisessem.

Ainda segundo o depoimento, a mãe teria entrado em casa, fumado maconha e dormido durantes horas. A sesta durou duas ou três horas. Ela quebrou o vidro para simular um acidente e garantir que não seria suspeita. Meia hora depois, foi declarado o óbito de Juliet e Cavanaugh Ramirez.

Na altura, a mãe das crianças disse aos agentes que os filhos estavam a brincar num pátio, nas traseiras da casa, quando tinham desaparecido.

Comentários