São Paulo empata com Fluminense e chega ao quinto jogo sem vencer

Ajustar Comente Impressão

O próximo desafio do Time de Guerreiros é na quinta-feira contra a Universidad Católica do Equador, 21h45, no Maracanã, pela Copa Sul-Americana.

O Tricolor das Laranjeiras perdeu muitas chances no primeiro tempo, em tarde inspirada do goleiro são-paulino Renan Ribeiro. A bola pegou efeito e entrou no cantinho de Renan Ribeiro, que mesmo se esticando inteiro não conseguiu impedir o gol do Fluminense. Já o próximo jogo do São Paulo é domingo que vem, contra o Flamengo, na Ilha do Urubu, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time terminou o primeiro tempo em desvantagem, mas dominando o jogo. O atacante cruzou para Jucilei, sozinho na pequena área, só empurrar para as redes. O camisa 10 arriscou de longe, mas parou no goleiro são-paulino, que fez outra grande defesa.

O São Paulo até conseguiu melhor na parte final do jogo e pressionou para buscar a vitória, mas o Fluminense conseguiu segurar o empate. Após novo cruzamento pela esquerda, Dourado finalizou com o pé.

Era pela esquerda que o Flu achava espaço. Richarlison recebeu livre pela esquerda, chegou na linha de fundo e cruzou na medida para Henrique Dourado, livre para marcar, mas conseguiu cabeceou em cima de Renan Ribeiro, numa defesa impressionante.

O Fluminense voltou do intervalo no mesmo ritmo, e com o mesmo diferencial.

Aos 17 minutos Wellington Silva voltou a aparecer no time após oito rodadas, no lugar de Calazans.

Aos 13 minutos, quase a virada carioca. Scarpa recebeu perto da área, limpou a marcação e bateu colocado, para outra grande defesa de Renan. Abel Braga vai mexendo no time de acordo com a necessidade e mostrando a qualidade do elenco tricolor.

O jogoO São Paulo começou melhor e só demorou seis minutos para fazer sua torcida comemorar.

O adversário fez gol e não levou mais perigo ao gol de Júlio Cesar.

Com o empate o São Paulo cresceu muito na partida, buscando a reação dentro de casa, mas, assim como já aconteceu em outros jogos na temporada, sofreu para encontrar os espaços.

Renan Ribeiro; Araruna, Rodrigo Caio, Lugano, Júnior Tavares; Thiago Mendes, Jucilei, Cueva (Lucas Fernandez); Marcinho, Pratto, Denilson (Thomaz).

Fluminense: Júlio César; Lucas, Henrique, Reginaldo e Léo; Orejuela, Wendel, Marcos Calazans e Gustavo Scarpa (Renato); Richarlison e Henrique Dourado. Téc.

Comentários