Brasil tropeça no Grand Prix e perde para a Tailândia

Ajustar Comente Impressão

Na manhã deste sábado, em Sendai (Japão), o Brasil sofreu um contundente 3 a 0 (25-22, 25-21, 29-27) para a Tailândia e conheceu o segundo revés em cinco jogos na competição. Pela Sérvia, a oposta Bjelica foi quem mais marcou, com 15 acertos. "Jogamos mais concentradas e nos preparamos mais para esse jogo". Um fundamento que melhoramos em ralação à outra partida foi o bloqueio. Fizemos um jogo ruim contra elas na primeira semana onde ainda conseguimos quebrar algumas vezes o passe delas, mas nossa relação entre bloqueio e defesa deixou a desejar.

A central Adenízia foi responsável por marcar sete dos 14 pontos de bloqueio do Brasil. Ficamos chateadas depois da derrota por 3 sets a 0 na semana passada para a Sérvia e queríamos muito ter uma atuação melhor como a de hoje.

Com o resultado neste sábado, a Seleção de José Roberto Guimarães caiu para a quarta posição do Grupo 1 do Grand Prix. Enfrentar essas escolas diferentes é muito importante para o aprendizado de todo o nosso time - disse o técnico. "A vontade de acertar e de querer fazer um bom jogo foi determinante", analisou.

A Seleção Brasileira feminina de vôlei estreou no Grand Prix, na semana passada, com duas vitórias e uma derrota.

A equipe do treinador José Roberto Guimarães realizou treinamentos em solo japonês nos últimos dias e no primeiro fim de semana da competição, o Brasil venceu a Bélgica e a Turquia, respectivamente, por 3 sets a 0 e 3 sets a 2 e foi superado pela Sérvia por 3 sets a 0. Serão seis finalistas no total porque a China, anfitriã da fase final, já está garantida na disputa.

O próximo compromisso do Brasil no Grand Prix será à 1h15 do domingo, contra o Japão.

Comentários