Bahia e Avaí empatam e seguem ameaçados de rebaixamento

Ajustar Comente Impressão

O resultado de 4 a 1 não foi uma realidade, o Avaí poderia ter decidido o jogo no primeiro tempo.

O meio-campista Renê Júnior chegou a ser ovacionado pelos torcedores do Bahia antes mesmo de a partida contra o Avaí acabar.

Quando a vitória do Bahia já parecia encaminhada, o Avaí conseguiu buscar o empate.

Bahia: Jean; Eduardo, Éder, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Matheus Sales e Régis; Mendoza, Allione e Rodrigão (João Paulo Queiroz). O próximo adversário do tricolor será o Atlético-MG, nesta quarta, às 21h, na Arena Independência.

Depois de voltar vencer durante a semana e encerrar o jejum de sete jogos sem triunfos, o Bahia espera derrotar o Avaí para seguir se afastando da zona de rebaixamento. A bola ainda desviou em Romulo antes de entrar. Sem poder contar com o zagueiro Tiago e o meia Zé Rafael, suspensos, o técnico Jorginho indicou os possíveis substitutos, na coletiva concedida nesta sexta-feira.

E para conseguir cumprir seu objetivo, a equipe se apega justamente ao fato de jogar longe de casa. O atleta está relacionado, mas há a possibilidade de João Paulo Queiroz iniciar o jogo. Na reta final do jogo, foram poucas as oportunidades de ambos os lados e o jogo terminou em 1 a 1.

Sempre cercando a área avaiana, o Bahia foi recompensado aos 29. Ferrareis fez a jogada pela esquerda e, sem ângulo, mandou no poste do outro lado do gol defendido por Douglas. Em cobrança fechada de escanteio, Júnior Dutra engatou a bicicleta e contou com um desvio em Romulo para selar o empate na partida.

Comentários