Brasileirão: Chape vence São Paulo na Arena Condá

Ajustar Comente Impressão

São Paulo e Chapecoense se enfrentam neste domingo (16) pela 14ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O São Paulo até começou bem no jogo. Pratto, Cueva e companhia tentarão se recuperar de mais um revés na próxima quarta-feira, quando recebem o Vasco, às 21h45, no Morumbi. "Uma simbologia grande. Foi citado na nossa chegada aqui em Chapecó, depois do jogo do Sport, que o vencedor é aquele que sabe ter postura e superação no momento difícil da derrota". No apagar das luzes, deu tempo pra mais um: Lourency aproveitou bola perdida da equipe do São Paulo e tocou na medida para Lucas Marques marcar o segundo e sacramentar a tão esperada vitória alviverde.

O atacante Wellington Nem e o meia peruano Cueva são as maiores preocupações do treinador.

Para o volante Petros, essa instabilidade emocional fica mais evidente toda vez que a equipe toma um gol.

A grande chance é neste domingo, em casa, contra um São Paulo que também não vem bem no campeonato. Aos 18, Seijas bateu falta de longe e acertou a trave de Renan Ribeiro. Já aos 21 minutos foi a vez do São Paulo voltar a dar trabalho a Jandrei.

Mesmo fora de casa, Dorival Junior quer a equipe no ataque, jogando pelos lados, fazendo triangulações, com o argentino Lucas Pratto fixo na área e, sobretudo, finalizando mais. Errando alguns passes cruciais no campo de defesa, o São Paulo ainda viu Luiz Antônio, em cobrança de falta, mandar forte no canto direito de Renan Ribeiro aos 39 minutos, forçando o goleiro tricolor a fazer boa defesa, no entanto, o desempenho dos donos da casa não foi suficiente para irem ao intervalo com a vantagem no placar.

Na primeira etapa, as equipes criaram poucas oportunidades de perigo.

O time dirigido por Dorival Junior está com 12 pontos, três a menos do que a Chapecoense, mas pode passar o time catarinse se vencer por causa do melhor saldo de gols. O jogo acontece na Arena Condá. Colocou Marcinho, Lucas Fernandes e Denílson nos lugares de Wellington Nem, Cueva e Petros. Autor do primeiro gol, Túlio de Melo provou ter estrela, já que chegou às redes apenas dois minutos após ter substituído o atacante Perotti.

Comentários