Coritiba perde para Fluminense e acumula segunda derrota seguida no Couto Pereira

Ajustar Comente Impressão

No ataque, Henrique Dourado, que não enfrentou o Botafogo no meio de semana por estar suspenso, retorna normalmente ao lado de Richarlison.

Antes do fim do primeiro tempo, o Coritiba diminuiu com Henrique Almeida após a bola ser levantada na área. Pela 15ª rodada do Brasileiro, o Coritiba visita a Ponte Preta, às 19h (de Brasília). A vantagem do Fluminense aumentou aos 38′, Galdezani perdeu a bola na frente da área, Richarlison tocou para Léo que finalizou, a bola desviou em Rodrigo Ramos e tirou as chances de Wilson defender. O árbitro marcou pênalti, e Henrique Almeida desperdiçou, batendo por cima do travessão. Com uma defesa desfalcada e contando com boa atuação de Júlio César, o Flu soube se segurar e conquistou o triunfo. Era uma intenção alviverde jogar mais pela direita e pressionar a defesa improvisada do Flu - os dois titulares, Nogueira e Reginaldo, tinham saído lesionados, e naquele momento jogavam o jovem Frazan e o improvisado Orejuela. Logo depois, Alecsandro tentou de cabeça e Júlio César espalmou.

Com a falta dos zagueiros Werley, que está sob cuidados dos profissionais do Centro de Excelência do Esporte do Coritiba (CEECOR), e Márcio, suspenso na última partida, quem ganhou oportunidade da comissão técnica coxa-branca e foi titular na partida deste domingo, contra o Fluminense, foi Luizão. O zagueiro Wallison Maia sentiu um problema muscular e saiu para a entrada de Thalisson Kelven. Esta foi a primeira partida do jogador, que atuou durante todo o tempo do jogo. Ele colocou o volante Renato, obrigando Orejuela a ser deslocado para a defesa. O time do Fluminense é muito bom, mas depende de nós mesmos para a gente construir nossas vitórias. Tanto que, com uma equipe de "baixinhos", o Coritiba forçava a bola alta na área dos cariocas.

Conforme o técnico Pachequinho, Neto Berola, destaque nos 4 a 1 sobre o Avaí, substitui Iago ao natural.

O Fluminense não conseguia se encontrar e apenas corria atrás do Coritiba que mantinha o controle da partida. "Mas vamos entrar em campo como sempre entramos, procurando ganhar o jogo e sair de lá com os três pontos".

Wilson; Rodrigo Ramos, Walisson Maia (Thalisson Kelven), Luizão e William Matheus; Jonas, Matheus Galdezani e Anderson; Neto Berola, Henrique Almeida e Rildo.

Fluminense: Júlio César; Lucas, Nogueira (Renato), Reginaldo (Frazan) e Léo; Orejuela, Wendel, Marlon Freitas e Gustavo Scarpa; Richarlison e Pedro (Marcos Junior).

Comentários