Ministro da Agricultura vai aos EUA para tentar renegociar exportação de carne

Ajustar Comente Impressão

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, viaja neste fim de semana a Washington para tentar reabrir o mercado americano para a carne bovina "in natura" brasileira.

Segundo informou o ministério, na segunda-feira, Maggi tratará do assunto durante almoço de trabalho com o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue. Acompanhado do secretário de Relações Internacionais do Agronegócio, Odilson Silva, a agenda da comitiva inclui ainda, no mesmo dia pela manhã, reunião com o embaixador do Brasil em Washington, Sérgio Amaral, e o adido agrícola do Brasil nos Estados Unidos, Luiz Claudio de Caruso e Santana. A chegada a Brasília está prevista para quarta-feira (19), no período matutino. No encontro, o ministro deverá detalhar as medidas que estão sendo adotadas pelo Brasil para atender às exigências dos EUA, que decidiram barrar a carne brasileira depois da identificação de abscessos provocados por reação a vacinas contra aftosa. O motivo foi o escândalo que envolveu diversos frigoríficos nacionais em crimes deflagrados pela operação Carne Fraca da Polícia Federal. Sei que essas liberações são técnicas, mas eu quero explicar para ele o que aconteceu no Brasil.

Maggi vai prestar esclarecimentos, na tentativa da retomada das exportações de carne bovina in natura, suspensas pelo país, no final de junho.

"Temos de dar segurança que não ocorrerá mais esse tipo de problema aqui no Brasil por questão de vacina". Mesmo que não apareça, alguma inflamação pode ser detectada quando a peça é cortada, mas não oferece riscos a saúde do consumidor.

Comentários