Petrobras aumenta o preço do gás de cozinha em 6,9% em agosto

Ajustar Comente Impressão

Desde zero hora de hoje o botijão de 13 kg (GLP P-13) para uso residencial terá reajuste de, em média, 6,9%.

Se o repasse for integral, o preço ao consumidor subirá, em média, 2,2% (ou cerca de R$ 1,29 por botijão), disse a estatal em comunicado.

Os novos preços entram em vigor à 0h de sábado (5). O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos.

Na nota, a Petrobras informa que, como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, o preço reajustado nas refinarias poderá ou não refletir no preço final ao consumidor. "Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores", destacou a Petrobras.

Pela nova política de preços adotada pela Petrobras, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), os preços serão revisados todos os meses. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

Comentários