Jesus e o seu computador: "Benfica ficou com o meu trabalho"

Ajustar Comente Impressão

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, comentou esta quinta-feira o caso do computador, revelado pelo director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, no Porto Canal.

Na sexta-feira, o Sporting recebe o Vitória de Setúbal, pelas 20h30, no Estádio José Alvalde, um jogo que em que não vai estar Ristovski, o mais recente reforço dos leões, "por ainda não conhecer as ideias da equipa". O técnico abordou o assunto, mas limitou-se a dizer que perdeu seis anos de trabalho.

"Sabem o que é o disco do computador?" Nesse disco estavam seis anos do meu trabalho e, basicamente, ficaram com o meu trabalho. "É só isso", referiu o treinador, que também não fugiu a outro tema 'quente' da semana, nomeadamente sobre as notícias que vieram a público sobre um eventual pedido de transferência por parte de Adrien e William Carvalho.

"Não sei como está a cabeça deles lá dentro". Sei que são dois jogadores cobiçados e têm o mercado em cima. Tenho que estar preparado para elas e não é verdade que os jogadores tenham falado comigo para saírem do Sporting.

"É um jogo [diante do Vitória de Setúbal] na nossa casa, com os nossos adeptos e, portanto, queremos fazer aquilo que fizemos nas Aves, ou seja, um jogo bem conseguido".

Comentários