Morre o homem mais velho do mundo aos 113 anos

Ajustar Comente Impressão

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos.

Yisrael Kristal, identificado pelo Livro Guinness dos Recordes Mundiais como o homem mas velho do mundo, é um dos sobreviventes do Holocausto.

Apesar de ter nacionalidade israelita, Israel Kristal nasceu perto de Zarnow, na Polónia, no dia 15 de setembro de 1903. Sobrevivente do Holocausto, morreu na passada sexta-feira, um mês antes daquele que seria o seu 114º aniversário.

O Guinness o reconheceu como o homem mais velho do mundo em março de 2016.

A decana da humanidade é a jamaicana Violet Brown, nascida em 10 de março de 1900, de acordo com o Gerontology Research Group, um centro de pesquisas americano que procura e certifica as pessoas mais velhas do mundo.

Diz a BBC que Kristal, que nasceu na Polónia mas vivia em Israel, foi notícia no ano passado quando, com mais de 100 anos, decidiu realizar o seu bar mitzvah, a cerimónia judaica onde o adolescente se insere como adulto na comunidade. Durante este período morreram os seus dois filhos e, em 1944, ele e a sua mulher, Chaja Feige, foram deportados para Auschwitz. Foi encontrado em Maio de 1945 quando as tropas dos Aliados libertaram o campo de concentração.

Chaja foi morta no campo de concentração, mas Kristal conseguiu sobreviver. Pesava 37 quilos quando o conflito terminou. Lá, teve uma próspera empresa de doces até se aposentar.

Comentários