Roberta Luchsinger apelida doação que irá fazer a Lula

Ajustar Comente Impressão

Roberta Luchsinger, uma das herdeiras da família fundadora do banco Credit Suisse, desembolsará aproximadamente R$ 500 mil em "dinheiro, joias e objetos de valor" como doação para Lula.

O valor seria de uma última mesada que o suíço Peter Paul Arnold Luchsinger, neto e herdeiro, recebeu de seu avô, que faleceu aos 92 anos, em junho passado.

"Com o bloqueio dos bens de Lula, Moro tenta inviabilizá-lo tanto na política quanto pessoalmente". Segundo ela, devido já realizar doações regularmente com a caridade, não vê problema algum em fazer essa doação ao ex-presidente.

Roberta, que se divorciou de Protógenes há cerca de três anos, disse a uma revista de circulação nacional numa entrevista, que sua separação foi motivada por traição, afirmando ter sido traída ao ponto de "até dizer chega".

Entre os itens que Lula irá receber estão um relógio Rolex, de cerca de R$ 100 mil, e um anel de diamantes da joalheira Emar Batalha, avaliado em R$ 145 mil. Segundo Roberta, Lula vai poder penhorar tudo e irá receber a quantia doada em mãos.

Roberta se filiou ao PCdoB quando se casou, em 2009, com Protógenes Queiroz, ex-deputado pela legenda, que hoje tem asilo político na Suíça.

Roberta contou ainda que pretende se lançar candidata a deputada estadual na eleição de 2018 pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil). Ele foi condenado no Brasil por violar o sigilo da Operação Satiagraha da polícia federal.

Comentários