Senador Cristovam Buarque afirma que hackers invadiram seu Twitter

Ajustar Comente Impressão

A equipe do senador Cristovam Buarque (PPS-DF) registrou ocorrência policial por difamação e invasão de dispositivo informático na quarta-feira (9/8).

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) registrou um boletim de ocorrência após ter sua conta no Twitter invadida duas vezes, uma no dia 31 de julho e outra na última quinta-feira (3). Através do Twitter é possível visualizar publicamente as curtidas efetuadas por seus usuários e seguidores de Buarque estranharam curtidas realizadas através de sua conta para conteúdo sensual ou pornográfico, incluindo aparentemente menores de idade, na rede social.

Foram três ataques em dias diferentes: o primeiro deles na segunda-feira (07/08), com uma imagem curtida.

O senador decidiu registrar uma ocorrência policial na Polícia Legislativa do Senado Federal e na Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DERCC).

Diana ainda disse à polícia civil que apenas cinco pessoas têm acesso a conta do senador, todas elas que trabalham no gabinete. "Caso ocorram outros ataques semelhantes - uma vez que trocar a senha não foi o suficiente para proteger a conta - não se trata de um ato cometido pelo senador Cristovam Buarque", afirmou, em nota, a assessoria do parlamentar.

Comentários