Avaí vence Vitória em Salvador e respira no Brasileirão

Ajustar Comente Impressão

Jogando com apoio do torcedor, o Vitória foi em busca do gol, porém foi ineficiente no ataque.

Neílton foi o grande vilão da partida. Aos 33 minutos, o atacante recebeu sozinho na área e ficou de frente para o goleirão, mas Douglas cresceu e conseguiu impedir uma das melhores chances do Vitória após o pênalti perdido.

Já o Vitória perde a chance de fazer a trinca pela primeira vez no Campeonato Brasileiro e continua na vice-lanterna, com 19 pontos.

O time baiano segue estacionado nos 19 pontos e vê sua reação ser interrompida, depois de ter superado Flamengo e Ponte Preta nas últimas rodadas.

O Vitória começou melhor.

Desta forma, o Rubro-Negro, que sairia temporariamente da zona de rebaixamento com o triunfo, afundou-se ainda mais nela. Aos sete minutos Neilton foi conduzindo a bola até a entrada da área, acionou Patric na direita, porém, o meia acabou errando o alvo após cortar o zagueiro, batendo por cima do gol. Mais tarde, aos 22, Uillian Correia surpreendeu Douglas Friedrich ao arriscar de fora da área.

No minuto seguinte, veio a marcação de um pênalti. Com sorte, Douglas recebeu apenas o amarelo e viu Neílton isolar a cobrança, mandando para fora o que seria o gol do Vitória. David foi derrubado pelo goleiro Douglas, e o juiz anotou a penalidade.

Antes do apito final Neilton ainda teve a chance de se redimir e ir para o intervalo com a consciência mais tranquila.

Se o primeiro tempo foi marcado pelo domínio do Vitória e pelas grandes oportunidades de gol criadas pela equipe, na etapa complementar o enredo foi um pouco diferente.

O azar de Neilton se repetiu no segundo tempo. No segundo tempo, teve mais duas oportunidades e também desperdiçou. Aos 20 minutos, Júnior Dutra cobrou falta e a bola passou muito perto da meta defendida por Fernando Miguel. Embora ainda não tenha saído da zona de rebaixamento, a equipe catarinense comemorou bastante a vitória, já que além de dar confiança, ela também acabou encerrando a sequência de três partidas sem um resultado positivo.

VITÓRIA: Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Ramon e Juninho; Fillipe Soutto, Uillian Correia e Yago; David, Neilton e Tréllez.

Avaí: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Luan, Simião e Pedro Castro (Luanzinho); Junior Dutra (Diego Tavares), Willians (Maurinho) e Rômulo.

Comentários