Cristiano Ronaldo suspenso por cinco jogos por empurrar árbitro

Ajustar Comente Impressão

O craque foi suspenso por cinco jogos: um pelo duplo amarelo que conduziu à expulsão e quatro por ter empurrado o árbitro De Burgos Bengoetxea após esta decisão.

O festejo de Cristiano Ronaldo foi comparado ao de Messi, contra o Real Madrid, a 23 de Abril, em que a equipa do Barça venceu por 3-2, com um golo do jogador argentino a desampatar a partida. O atleta tirou a camisola durante os festejos de golo, o que lhe valeu um cartão amarelo.

Além disso, o atacante terá que pagar uma multa de 3.005 euros e o Real também foi punido, tendo que pagar 1.400 euros.

Por causa da agressão, Cristiano Ronaldo foi enquadrado no artigo 96 do regulamento de competições da RFEF, que prevê a suspensão de quatro a 12 jogos de suspensão.

O Real Madrid já tinha anunciado que iria recorrer da expulsão, alegando que a queda de Ronaldo foi motivada pelo contacto do francês Umtiti, defesa do Barcelona, e que nunca teve a intenção de simular grande penalidade.

Na súmula, o árbitro registrou o episódio no clássico da seguinte maneira: "Depois de eu mostrar o cartão vermelho, o jogador me empurrou como um sinal de desconforto", escreveu De Burgos. O torneio, que abre a temporada espanhola, reúne o campeão da Copa do Rei e do Campeonato Espanhol. Especula-se que a celebração do português este domingo possa ter sido uma resposta ao adversário.

Comentários