Tempestade Harvey deve ser rebaixada para depressão tropical

Ajustar Comente Impressão

Na sexta-feira, o Harvey tocou terra no Texas como um furacão de categoria 4, depois regressou ao mar e manteve-se ao largo da costa como tempestade tropical durante alguns dias, inundando Houston.

"As inundações provocadas pela tempestade Harvey nos Estados Unidos causaram o rompimento de um dique ao sul da cidade de Houston, declararam as autoridades, que pediram aos habitantes que deixem a área imediatamente".

- Duas explosões foram reportadas nesta quinta-feira na indústria química Arkema, atingida por inundações em Crosby, no Texas, e um policial foi levado para um hospital após inalar substâncias químicas, afirmou a companhia. Ele deve provocar entre 7,5 e 15,24 centímetros a mais de chuvas em uma área a cerca de 130 quilômetros ao leste de Houston, e ainda no sudoeste da Louisiana, onde algumas áreas já receberam mais de 45 centímetros de chuva.

Outras doações também foram anunciadas ontem para ajudar pessoas que tiveram prejuízos com o Harvey.

A empresa removeu o restante dos trabalhadores da instalação danificada na terça-feira, e o condado de Harry ordenou a retirada de moradores a um raio de 2,4 quilômetros da indústria, que desenvolve peróxidos orgânicos usados na produção de resinas de plástico, isopor, tintas e outros itens. A dada altura, elogiou o administrador da FEMA Brock Long por 'se ter tornado muito famoso na televisão' nos últimos dias.

"A maior ameaça continua a ser a chuva", disse esta terça-feira à agência noticiosa francesa AFP Dennis Feltgen, porta-voz do Centro Nacional de Furacões, sediado em Miami, Florida, descrevendo a situação como "catastrófica".

As autoridades confirmaram que Harvey foi responsável - direta ou indiretamente - pela morte de 33 pessoas, e este número deve aumentar à medida em que haja acesso às zonas inundadas.

O prefeito de Houston, Sylvester Turner, impôs um toque de recolher entre a meia-noite e as 5h devido aos relatos de saques, roubos com arma e pessoas se fazendo passar por policiais.

Abbott tomou a decisão no mesmo dia em que pediu uma declaração de desastre ao presidente Donald Trump, que foi concedida.

Comentários