Furacão Irma devasta ilhas do Caribe e deixa ao menos 11 mortos

Ajustar Comente Impressão

O furacão Irma, que chegou ontem às Caraíbas, provocou um rasto de destruição.

Nesta quarta-feira (06), o Papa Francisco passou por um susto, pois o avião em que ele estava, partiu de Roma com destino a Bogotá, na Colômbia, e precisou ter a rota alterada, justamente por causa do furacão Irma. Os moradores começaram a deixar suas casas para se proteger das fortes chuvas e ventos, além de estocar água, comida e gás.

O 'olho' do ciclone passou sobre Barbuda pelas 02 horas (07 horas em Lisboa), acompanhado por ventos que chegaram aos 295 quilómetros por hora, indicou.

Como um furacão da categoria 5, a mais alta, com velocidade do vento de quase 300 quilômetros por hora, o Irma causou danos graves em várias ilhas do Caribe. Em alguns instantes, o furacão Irma deve atingir Porto Rico, Antígua, as Ilhas Virgens e São Cristóvão.

As ilhas franco-holandesas de St. Martin tiveram de 60% a 70% das casas destruídas.

A França está preocupada com milhares de pessoas que se negam a buscar refúgio ante a iminente passagem do furacão Irma pelas ilhas caribenha de São Bartolomeu e São Martinho.

Os meteorologistas norte-americanos ainda não podem dizer precisamente onde o Irma passará quando tocar o solo americano, mas um aviso preventivo foi lançado para a costa leste e o Golfo da Flórida, para que autoridades e a população estejam preparados.

A declaração de estado de emergência autoriza o Departamento de Segurança Interna e a Agência Federal de Gestão de Emergências a coordenar os trabalhos de resposta a desastres nessas zonas.

Horas mais tarde na segunda-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, decretou emergência federal em Flórida e Porto Rico e nas Ilhas Virgens americanas, e aprovou o plano de emergência atendendo ao pedido de Scott e do governador porto-riquenho, Ricardo Rossello.

Moradores do Texas e Louisiana ainda estão se recuperando dos eventos catastróficos do furacão Harvey, que atingiu o Texas como um furacão de categoria 4 em 25 de agosto.

Furacões espera que o Irma chegue ao sul da Flórida no sábado.

Comentários