Volkswagen eletrificará todos os veículos até 2030

Ajustar Comente Impressão

Para atender à demanda por baterias prevista no "Roadmap E", a Volkswagen já iniciou parcerias com fabricantes na Europa, China e América do Norte, além de bancar o desenvolvimento de uma nova geração de acumuladores de estado sólido, que permitiriam aos carros elétricos uma autonomia de mais de mil quilômetros. O gigante automóvel alemão conta com um orçamento total de 70 mil milhões de euros para esta área até 2030 - valor próximo do empréstimo da troika. Segundo o executivo, a Volkswagen vai investir 20 bilhões de euros (aproximadamente R$ 75 bilhões) para lançar os novos veículos, além de 50 bilhões de euros (R$ 187 bilhões) para desenvolver as baterias que equiparão os carros, um dos maiores investimentos da história nesse setor.

Este é, para já, o maior investimento anunciado por um grupo automóvel em carros elétricos. "E nós vamos liderar essa transformação", salientou na noite de segunda-feira Matthias Müller, CEO do grupo Volkswagen, em declarações à Bloomberg.

O financiamento, garante Müller, será feito com fundos próprios e que serão gerados pelos próprios resultados da empresa. Ainda em 2017, o grupo quer se tornar líder em produzir veículos elétricos em todo o mundo.

Além da Volkswagen, grupos como a Daimler (dona da Mercedes e Smart), Jaguar Land Rover, Ford e BMW estão a acelerar os planos de investimento em carros elétricos para os próximos anos como forma de desafiar a Tesla.

Comentários