As pessoas ainda vão ao Rock in Rio por causa da música?

Ajustar Comente Impressão

Entre as atrações confirmadas para o Rock in Rio 2017 estão nomes de peso, como Alicia Keys, Def Leppard e Jota Quest, The Who, Lady Gaga, Fergie, Justin Timberlake, Bon Jovi, Guns N´Roses, Capital Inicial, Tears for Fears e Ivete Sangalo. Enquanto o pai, idealizador do festival, falou da importância do evento, simbólica e econômica, para a recuperação do moral da cidade, a filha enumerou as novidades da Cidade do Rock, como o palco para youtubers e as duas áreas de shows intimistas, a Rock street, com temática africana, e o Rock district. E também elementos que promovessem o relaxamento, purificação e autoestima (como o sândalo, tangerina, mandarina, lírio, cedro e madeira), além de um toque de Almíscar - uma essência afrodisíaca que promete auxiliar na busca da realização e do sucesso.

A abertura dos trabalhos foi feita pelo presidente e vice-presidente do Rock in Rio, Roberto e Roberta Medina. "E a gente tentou pensar exatamente em quais 'instrumentos' deveriam compor esse aroma", explica.

Além de novas datas, a organização revela que o evento terá, na sua próxima edição, mais horas de entretenimento diário (com a Cidade do Rock a abrir as suas portas pelas 12h00 e a fechar às 02h00) e novos espaços, com novos conteúdos.

O Portal dos Programas esteve em 2016 do "Rock in Rio Lisboa". O festival acontece entre sexta (15) e 25 de setembro. Por enquanto, isso é só mais um atratativo para o público e mostra o quanto o RiR é um festival plural - mas o que o público realmente quer é que ele continue sendo um festival de música.

Comentários