Liga dos Campeões começa com grandes confrontos e Neymar no PSG

Ajustar Comente Impressão

Na Escócia, o Paris Saint-Germain não tomou conhecimento do Celtic e goleou os donos da casa pelo placar de 5 a 0, resultado que faz o time francês ter os mesmos três pontos que o Bayern de Munique no grupo B, mas ficar à frente no saldo de gols.

Neymar abriu o placar aos 19 minutos do primeiro tempo após contra-ataque e passe de Rabiot. O brasileiro ajeitou, Cavani furou e Mbappé fuzilou: 2×0.

No grupo do PSG ainda tem o Bayern de Munique, da Alemanha, outro grande favorito ao título desta temporada da Liga. E ainda chegou ao quarto aos 37 minutos, em gol contra de Lustig, e fez o quinto aos 39, novamente com Cavani, em bonita cabeçada.

No outro jogo do grupo a diferença também foi evidente mas não tão expressiva. A jogar com dez, o Anderlecht foi resistindo e só sofreu o segundo aos 65 minutos, por Thiago Alcântara.

Mas o confronto mais aguardado do dia está na chave D, com Barcelona e Juventus no Camp Nou, na reedição da final de 2014/2015, vencida pelos catalães por 3 a 1 com direito a a um gol de Neymar. Foram quatro gols, quatro assistências e quatro vitórias, todas pelo Campeonato Francês.

No segundo tempo, o Barça ampliou a vantagem com Rakitic. E Messi queria mais.

Aos 18 minutos, Neymar fez 1 a 0.

Ao intervalo, os franceses já venciam por 3-0.

Ainda deu tempo para marcar mais um.

No segundo tempo, o clube francês segurava o placar sem correr perigo, até que Lustig, zagueiro do Celtic, marcou contra para deixar o placar em 4 a 0. O sexto tento foi marcado Medvedev, contra.

O técnico do Celtic, Brendan Rodgers, deu entrevista coletiva nesta segunda-feira (11) antes do confronto, mostrou ser fã do futebol do camisa 10, mas não concorda quando comparam o atacante brasileiro a Messi e Cristiano Ronaldo.

No C, que promete ser um dos grupos mais disputados da fase inicial, também há emoção garantida, em especial no embate entre a Roma e Atlético de Madrid. No Celtic Park, 2 a 0 para os espanhóis.

Neymar teve duas oportunidades claras de transformar a vitória em goleada, aparecendo na área para chutar de primeira, sem marcação, dois cruzamentos rasteiros, aos 20 e 25 minutos, mas mandou para fora.

Comentários