Procuradoria denuncia Kleber por críticas ao STJD

Ajustar Comente Impressão

A Procuradoria do STJD ofereceu denúncia na tarde desta terça-feira contra o atacante Kléber, do Coritiba, por conta de uma entrevista em que ele chamou o tribunal de "ridículo". O processo está na pauta da Quinta Comissão Disciplinar agendada para a próxima sexta, dia 15 de setembro, a partir das 14h.

Em junho, Kleber foi julgado no STJD pela expulsão na partida com o Bahia, acusado de cuspir em um adversário.

Na sexta-feira (dia 8), o jogador criticou o comportamento do STJD.

O jogador foi denunciado nos artigos 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, ou seja, assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do Código, e 151, que prevê multa de até R$ 100 mil por declarações que desmoralize ou tire a credibilidade de quem organiza o campeonato, e pode pegar de uma nova pena de até seis partidas de suspensão. Estive lá e vi. Para mim é bem cara de Brasil mesmo. Ouvi um cara dizer que, para um time, não vou citar o time, não ia punir o clube porque estava brigando pelo título. Ele não ia dar punição em mando de campo e ia dar outro tipo de punição porque estava brigando pelo título. "Mas o clube pegar seis jogos e eu tomar 11 partidas é uma vergonha", disparou Kleber.

Na última semana, Kleber reclamou em entrevista coletiva da punição sofrida - foram 11 jogos cumpridos e o restante coberto por penas alternativas - e se disse injustiçado. Caso seja punido, o atleta já fica de fora do duelo com o Palmeiras, pela 24ª rodada, na segunda-feira (18), às 20 horas, no Pacaembu.

Comentários