João Sousa deixa Portugal a perder por 1-0 — Taça Davis

Ajustar Comente Impressão

João Sousa perdeu com o alemão Cedrik-Marcel Stebe, a abrir o play-off de acesso ao Grupo Mundial da Taça Davis.

A estrear-se na condição de número dois nacional na Taça Davis, o 107.º tenista mundial contrariou o favoritismo do 54.º do 'ranking' ATP e o mais cotado dos jogadores alemães, impondo-se por 6-2, 7-5 e 7-6 (5), em 2h21.

Apesar de não ter sido chamado por Nuno Marques para representar Portugal nos encontros de singulares, Gastão Elias referiu estar disponível para ajudar a equipa sempre que seja preciso para atingir o grande objetivo: atingir o Grupo Mundial pela primeira vez na história.

O ascendente de Sousa, que esta temporada conquistou os seus primeiros títulos 'challenger' (em Como, no início de setembro, em Liberec, em agosto, e em Francavilla, em abril), era tal que o jogador luso relaxou e permitiu o 'contra-break' a Struff. Mas, com o alemão a servir, Sousa afastou a tensão e devolveu o 'break'. Recuperei de o parcial de desvantagem, consegui o primeiro ponto e isso é o mais importante.

Depois de quebrar o serviço do português, Struff segurou o seu serviço e obrigou o lisboeta a igualar a seis, para levar a decisão a 'tie-break'. Segue-se Pedro Sousa, que mede forças com Yannick Haufmann.

Comentários