Risco de atentado terrorista é elevado para nível máximo no Reino Unido

Ajustar Comente Impressão

"No seguimento do ataque em Parsons Green na passada sexta-feira, a polícia fez bons progressos naquela que é uma investigação que continua", disse Rudd, citada pela agência Reuters.

A explosão deixou pelo menos 29 passageiros feridos nesta manhã.

A secretária de Estado do Reino Unido, Amber Rudd, afirmou neste domingo que a decisão é um indicativo de que um "bom progresso" está sendo feito na investigação sobre o atentado que deixou 30 feridos, em número atualizado.

De acordo com a rede BBC, o governo do Reino Unido [VIDEO] decidiu elevar o grau de atenção em relação à possibilidade da ocorrência de um atentado terrorista ao chamado "nível crítico", o que quer dizer que um ataque ao país é esperado para ocorrer a qualquer momento.

O nível "grave" - o segundo mais alto de uma escala de cinco - significa que um ataque terrorista é altamente provável. Após a explosão em um metrô na sexta-feira (15), as autoridades elevaram para crítico o estado de alerta, o que demonstra temor de um novo ataque iminente.

As autoridades, responsávei pelo combate ao terrorismo, solicitaram o uso das forças armadas para complementar os recursos policiais. A polícia britânica promete dar explicações em breve.

Vinte e nove pessoas ficaram hoje de manhã feridas devido à explosão de um engenho artesanal ocorrida no interior de um comboio do metropolitano de Londres, na estação de Parsons Green, na linha District, num atentado entretanto reivindicado pelo do EI, num comunicado divulgado pela Amaq, o seu órgão de propaganda. A explosão havia obrigado as autoridades a fechar a estação.

Comentários