Record proíbe notícia sobre a morte de Marcelo Rezende

Ajustar Comente Impressão

Eles chegaram a insinuar que não queriam Luciana no velório do pai.

Um dia depois da morte de Marcelo Rezende - o apresentador morreu neste sábado (16/9), aos 65 anos, em decorrência de um câncer no pâncreas e no fígado - a direção da Record proibiu qualquer notícia relacionada ao fato. Depois, falou-se que os filhos estariam revoltados com ela por supostamente fazer parte do inventário deixado por Marcelo, informação ainda não confirmada.

"Nós últimos três meses, ele começou a gastar de forma absurda".

Ainda segundo o colunista, Luciana Lacerda tinha acesso total à conta bancária do namorado: "Ela tinha acesso às transferências". De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, os familiares de Rezende conseguiram ter acesso às senhas do Instagram e também do Facebook, que estavam em poder de Lu Lacerda.

"Isso foi uma coisa chocante".

Todas as fotos nas redes sociais de Marcelo Rezende, em que Luciana Lacerda aparecia, foram apagadas. Então a sensação é assim: "'Estão tentando apagar a nossa história'", destacou Sonia Abrão.

O programa também revelou que Lacerda teve que entrar na casa onde morava com Rezende acompanhada de dois funcionários de Geraldo Luis, muito amigo de Rezende, e que não segurou as lagrimas diante da situação.

Com a morte de Marcelo nesse sábado, 16, Luciana teria sido impedida de ficar na casa do apresentador e foi abrigada no condomínio de Geraldo Luís, que teria prometido ao amigo cuidar de sua amada.

Comentários