Torcida faz campanha por derrota contra o Chile, mas Brasil de Tite vai com tudo para o último jogo — EntregaBrasil

Ajustar Comente Impressão

O técnico da seleção chilena, o argentino Juan Antonio Pizzi deu folga ao elenco nesta sexta-feira, depois do treino da manhã, um dia antes da viagem para o Brasil, para o jogo pela última rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Nas redes sociais, a torcida brasileira não esconde que torce para a Argentina ficar de fora do Mundial.

Com Chile, Peru e Colômbia a sua frente e Brasil e Uruguai classificados (a Celeste ao menos garantiu sua vaga na repescagem), a Argentina precisará torcer por um tropeço da La Roja diante da Seleção Canarinho, sua eterna rival, para entrar no G4 já que Colômbia e Peru se enfrentam em um duelo direto. Com a #EntregaBrasil, os torcedores brincaram com a situação delicada do rival, pedindo para que os jogadores da Seleção Canarinho dificultassem o caminho da Albiceleste.

Segundo a publicação, o jogador tem um bom retrospecto quando foi titular por sua seleção: nas 48 partidas que esteve no 11 inicial do Chile, Valdivia trouxe 63,9% dos pontos, o que representam 27 vitórias, 11 empates e 10 derrotas.

Arroyo jogou os 90 minutos da derrota de 2 a 1 do Equador para o Chile nessa quinta-feira. Além disso, outros nomes como Arthur, Diego Tardelli, Danilo, Jorge e Fred poderão ganhar uma oportunidade única e sabem que devem jogar o jogo de suas vidas se quiserem ter mais oportunidades.

O canal SporTV 3 faz a transmissão de Chile x Equador, ao vivo, para todo o Brasil, com exclusividade.

Comentários