Kaká não renova com Orlando City e pode voltar ao Brasil

Ajustar Comente Impressão

A ligação do internacional brasileiro ao emblema da MLS termina a 31 de dezembro, e não será renovada.

O Orlando City ofereceu a Kaká mais uma temporada de vínculo, mas com o salário reduzido de R$ 1,2 milhão líquido para R$ 800 mil. Além disso, os Lions, como são chamados nos Estados Unidos, também prometeram ao jogador um projeto para seguir no clube após a aposentadoria. Revelado pelo São Paulo, foi vendido ao Milan em 2002 e viveu na Itália a melhor fase da carreira, quando foi eleito o melhor jogador do mundo em 2007.

"Como sabem o meu contrato com o City acaba neste ano e temos discutido a renovação nos últimos meses e depois disso eu pensei muito e minha decisão final é não renovar com o Orlando".

O futuro de Kaká permanece um mistério.

"O anúncio hoje é para isso e somente para isso. Minha decisão agora é só a de não renovar meu contrato com o Orlando City", afirmou.

Kaká se despediu do Orlando City, mas ainda tem partidas para jogar com a camisa roxa.

"Queria agradecer a todos os jogadores que convivi ao longo desses três anos, a comissão técnica, os treinadores que passaram por aqui, torcedores, cidade de Orlando, funcionários do clube".

Ídolo do São Paulo, Kaká deve aparecer na pauta de contratações das equipes brasileiras para 2018.

Aos 35 anos, Kaká vestiu apenas quatro camisas no futebol.

O Orlando City publicou um vídeo com imagens de Kaká como forma de agradecimento pela passagem do jogador no clube.

Comentários