Trump desafia secretário de Estado a comparar testes de QI

Ajustar Comente Impressão

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, gostava de multiplicar o arsenal nuclear do país por dez.

A repreensão de Trump no Twitter acendeu rumores de que Tillerson não está feliz com seu posto, ainda que o ex-diretor-executivo da petroleira ExxonMobil tenha insistido que não tem intenção de renunciar.

O canal cita três funcionários que estiveram presentes na reunião e que não quiseram ser identificados, referindo que os comentários de Trump ocorreram quando lhe estavam a ser mostrados diapositivos sobre a contínua redução das armas nucleares detidas pelos Estados Unidos desde o final da década de 1960.

O suposto comentário de Trump foi divulgado em um momento de tensões em alta entre os EUA e a Coreia do Norte, e às vésperas de um esperado anúncio do presidente sobre a manutenção ou não do país em um acordo com o Irã sobre o programa nuclear de Teerã.

"A NBC News inventou uma história de que eu queria aumentar o arsenal nuclear dos EUA". "Com todas as notícias falsas saindo da NBC e das redes, em que ponto é apropriado desafiar suas licenças?"

With all of the Fake News coming out of NBC and the Networks, at what point is it appropriate to challenge their License?

Na reunião no Pentágono terão participado altos responsáveis militares e também o chefe da diplomacia, Rex Tillerson.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, conversaram por telefone nesta terça-feira (10) sobre como impedir o Irã de ter armamento nuclear, informou a Casa Branca por meio de comunicado.

Um dia depois, na quinta, Trump irá anunciar sua posição sobre a questão iraniana.

Comentários