Vitória cai para o Sport e mantém sina de derrotas em casa

Ajustar Comente Impressão

Numa partida bastante segura, o Sport foi muito superior ao Vitória, no Barradão, e tudo se encaminhava para um placar mais elástico, até o time baiano diminuir a vantagem nos minutos finais. Patrick recebeu lançamento em profundidade e cruzou na cabeça de André.

Com a expectativa de conseguir o empate, o time da casa pressionou de todas as maneiras, mas não conseguiu marcar novamente.

O Sport voltou para o segundo tempo gostando do jogo, enquanto o Vitória entrou em campo tenso. Aos 10, Caíque Sá tentou o arremate de fora da área, mas mandou longe da meta, sem perigo ao gol de Magrão. O segundo gol do leão aconteceu aos 20 minutos do segundo tempo, após cruzamento de Diego Souza para Lenis, que marcou para o rubro-negro pernambucano. Na comemoração, o atleta se emocionou pela situação de saúde da avó. Nove, que por sinal era o número de jogos sem triunfos do Sport até o jogo de hoje. Teve, inclusive, a chance de fazer o terceiro. A primeira boa chegada foi para o rubro-negro pernambucano ainda com um minuto, quando André recebeu na área e chutou forte para fora, assustando o goleiro Caíque, que apenas ficou olhando a bola bater na rede pelo lado de fora.

Em busca do resultado, Mancini promoveu as entradas de Patric e André Lima no lugar de David e Fillipe Soutto aos 15′ do segundo tempo, mas logo levou um balde de água fria.

Sport: Magrão; Raul Prata, Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo, Patrick, Wesley (Rodrigo) e Diego Souza; Osvaldo (Lenis) e André (Juninho).

Local: Estádio Barradão. Horário: 17h.

ÁRBITRO: Marcelo Aparecido de Souza (SP), auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).

Três minutos depois o colombiano marcou o segundo gol leonino, numa jogada que contou com um belo passe de André para Diego Souza, que deu uma bela arrancada e foi inteligente ao servir o companheiro mesmo estando de frente para o goleiro. Lenis, aos 20 do 2º.

O Sport reagiu em seguida e, diferentemente do Vitória, foi certeiro: aos 45 minutos, Diego Souza cobrou falta com maestria e abriu o placar.

Comentários