Grupos organizados de adeptos do Benfica não têm sido um problema

Ajustar Comente Impressão

O tema tem levantado forte polémica, nos corredores do futebol português. "Benfica, Sporting, Belenenses, entre outros, têm estado sob a alçada do IPDJ".

Augusto Baganha, presidente do Conselho Diretivo do Instituto Português da Juventude e Desporto (IPDJ), refutou, em declarações à Sport TV, que o IPDJ feche os olhos ao facto de as claques do Benfica não estarem legalizadas. "Não podemos falar aqui em grupos organizados de adeptos, mas que estes grupos do Benfica estivessem registados, é evidente".

Outro tema sobre o qual falou foi o do castigo a Fernando Madureira, que está impedido de entrar em recintos desportivos durante seis meses devido ao cântico sobre o avião da Chapecoense.

Não é um caso isolado. Temos aplicado sanções a outros clubes, neste caso foi aplicado a uma pessoa, mas já temos aplicado a outras pessoas e a outros clubes. Inclusivamente o Benfica teve o seu campo interditado por três dias. "Nós, imediatamente, atendemos a isso e procedemos ao registo do regulamento que foi apresentado, portanto, nada se passou de anormal.Tratou-se apenas de fazer cumprir a lei e o Benfica cumpriu a lei".

Comentários