Após série de assaltos, Pirelli e McLaren cancelam testes em Interlagos

Ajustar Comente Impressão

Nesta segunda-feira, a fornecedora dos pneumáticos para a F1 comunicou que, em concertação coma FIA e com a McLaren, foi "decidido cancelar os testes de pneus (.) no interesse da segurança do pessoal" das duas marcas em questão.

"Após uma tentativa de assalto, neutralizada pela segurança da Pirelli, em uma van da Pirelli no circuito de Interlagos no último domingo - e depois de um fim de semana com episódios similares ocorridos com outros times - ficou decidido o cancelamento dos testes de pneus planejados para a terça-feira, 14, e quarta-feira, 15", informou através de sua conta no Twitter. "Nós nos juntamos na decisão da Pirelli de cancelar os testes de pneus nesta semana em Interlagos".

Na sexta-feira, uma carrinha com elementos da equipa Mercedes foi assaltada à mão armada (e um veículo da FIA passou por situação idêntica), mas o reforço das medidas de segurança anunciado não impediu nova tentativa de assalto a uma carrinha da Pirelli no domingo. "A segurança das nossas pessoas sempre estão no topo de nossa prioridade, e, dado os recentes eventos, nós achamos desnecessários os riscos de prosseguir", escreveu nas suas redes sociais.

Após os incidentes na sexta e no sábado, a Polícia Militar aumentou o efetivo para 600 homens para o domingo nos pontos próximos a Interlagos.

Segundo o Globoesporte.com, funcionários da empresa de pneus foram abordados por criminosos quando deixavam o Autódromo de Interlagos, em São Paulo, mas conseguiram arrancar com o carro e escapar do crime.

Comentários