Santos perde e dá adeus às chances de título do Campeonato Brasileiro

Ajustar Comente Impressão

Do outro lado, a Chapecoense alcança os 44 pontos, na 13ª colocação. Aos 21, Wellington Paulista avançou pela direita e cruzou para Arthur Caike, que apareceu livre dentro da área e só deu um toquinho para bater Vanderlei e fazer 2 a 0. Com o revés fora de casa, o Santos deu adeus às chances matemáticas de conquistar o título nacional. Wellington Paulista de pênalti e Arthur Caike marcaram para o Verdão.

No inicio da partida, a Chape pressionou o Santos. Aos sete minutos, Luiz Antonio lançou uma linda bola para Arthur por trás da zaga santista, mas Vanderlei foi mais rápido e saiu do gol para afastar a bola.

O Elano definiu o Alvinegro Praiano com a seguinte escalação: Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Victor Ferraz; Alison, Renato, Matheus Jesus e Lucas Lima; Arthur Gomes e Ricardo Oliveira. Na cobrança, Wellington Paulista bateu no canto esquerdo de Vanderlei, e abrindo o placar para o time da casa.

Apesar da desvantagem, o Santos seguiu sofrendo para sair jogando e viu a Chapecoense dominar a posse de bola.

O Santos, por sua vez, chegou pela primeira vez apenas aos 26, quando Arthur Gomes arriscou de longe e assustou o goleiro Jandrei.

O primeiro gol do jogo foi marcado aos 13 minutos do primeiro tempo. E em ritmo de treino, a etapa inicial terminou com a Chapecoense vencendo por 1 a 0.

O segundo tempo começou do mesmo jeito que acabou o primeiro: com um Santos preguiçoso e a Chapecoense assustando mais. Por trás da marcação, o atacante só deu um toque na bola tirando ela de Vanderlei.

Na reta final da partida, os santistas até ameaçaram uma pressão, com direito a bola na trave de Ricardo Oliveira e chance inacreditável perdida por Lucas Veríssimo. Dois minutos depois, Lucas Veríssimo subiu, tentou o cabeceio, mas a bola sobrou na frente do gol de Jandrei e o zagueiro isolou. Aos 37', Luiz Felipe tocou para Oliveira, ele fez o pivô para Victor Ferraz, que bateu para fora.

Comentários