Gabarito do Enem 2017 estará disponível a partir da quinta-feira (16)

Ajustar Comente Impressão

No segundo domingo (12), foram aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias.

Haverá reaplicação do primeiro dia de provas do Enem 2017, no dia 12 de dezembro, para 3.581 candidatos, em virtude da falta de energia em nove estabelecimentos situados em Teresina/PI, Olinda/PE e Uruaçu/GO e outros motivos relatados em casos individuais.

A TRI funciona de acordo com o percentual de erros e acertos dos candidatos em cada questão da prova. Por outro lado, as questões que poucos alunos acertaram a resposta serão consideradas mais difíceis e terão valor mais alto. Por isso, quando um candidato chuta uma questão no Enem, sua nota pode diminuir. O estudante só tem como saber a nota final no Enem quando o resultado sair.

Mesmo sabendo quantas questões acertaram, os candidatos ainda não têm como calcular sua nota final, que será divulgada apenas em 19 de janeiro de 2018. O número de questões acertadas pelo participante não significa a quantidade de pontos feita. Por isso, é imprescindível que o preenchimento do cartão-resposta tenha sido realizado com caneta esferográfica de tinta preta. No ano passado, a abstenção média nos dois dias de Enem foi de 29,19%. No primeiro, os estudantes tiveram 5h30 para responder 90 questões objetivas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias e produzir a Redação, cujo tema foi "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".

O ministro da Educação, Mendonça Filho, classificou esta edição como a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos, com pouquíssimas ocorrências.

Comentários