Tumulto em entrega de alimentos faz 15 mortos em Marrocos

Ajustar Comente Impressão

Pelo menos 15 pessoas morreram espezinhadas devido à multidão que pressionou uma distribuição de alimentos em Marrocos.

A tragédia aconteceu na localidade de Sidi Bulaalam, a cerca de 60 km ao nordeste de Esauira, segundo informações do ministério marroquino do Interior, em comunicado.

O portal "le360.ma" explica que a ação era uma iniciativa de um rico homem local, que pretendia assim ajudar as famílias mais pobres desta região rural.

Assim que a distribuição de alimentos foi anunciada, os proprietários viram-se dominados por cerca de 800 pessoas que se dirigiram ao armazém em questão.

As autoridades marroquinas dão conta de uma investigação para "determinar as circunstâncias do incidente e estabelecer as responsabilidades".

O ministério do Interior anunciou que o rei Mohamed VI tinha emitido ordens visando "colaborar com a ajuda e o apoio necessários às famílias das vítimas e feridos".

Comentários