Coelhos penhorados morrem à fome

Ajustar Comente Impressão

Na sequência de uma ação de penhora a uma empresa em Estarreja, cerca de cinco mil coelhos estão a morrer à fome.

"A DGAV providenciou alimentação para os animais e está a diligenciar para a retirada dos cadáveres e para resolução da situação dos outros animais", disse a mesma fonte.

Contactado pela Lusa, Flávio Moreira, proprietário da exploração de cunicultura que foi alvo da penhora, confirmou que recebeu 300 quilos de ração na segunda-feira e hoje chegaram mais 300 quilos. A penhora, executada a 13 de novembro, incidiu sobre ferramentas e animais.

De acordo com estes jornais, a empresa Cunikiwi, de Canelas, tinha uma dívida de 7600 euros à MC Rios, fornecedora de rações.

O mesmo jornal referiu ainda que a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária já tomou conhecimento do cenário e irá proceder ao fornecimento de ração para os animais e mover meios para remover os coelhos já mortos.

Comentários