Em discurso no parlamento, Tiririca anuncia que deixará a política

Ajustar Comente Impressão

"Estou saindo triste para caramba, estou muito chateado, muito chateado mesmo com a nossa política, com o nosso parlamento. Não por morte. Estou abandonando a vida pública", disse o deputado, em discurso confirmado pela assessoria. "Nunca brinquei aqui dentro, votei de acordo com o povo", disparou.

Em seu discurso, ele reconheceu que não fez muita coisa, mas disse ter feito o que foi pago para fazer, mas nestes sete anos, viu muita coisa e por isso está indo embora da política, sentindo uma imensa vergonha. Antes de encerrar, ele pediu aos colegas, que olhassem mais para o povo.

PA São Paulo (SP) 30/11/2017. Saio de cabeça erguida, muitos de vocês não sabem o que é passar fome, precisar de um hospital público. Já vi deputados envergonhados.

"Não vou citar nomes, mas tem político que quer pagar R$ 300 mil só para chegar lá e dar um depoimento que o cara está brincando para política e tudo mais", contou o humorista. "Eu ando de cabeça erguida porque não fiz nada de errado, mas acho que muitos dos senhores não têm essa coragem". É vergonhoso, é uma vergonha - disse ele, repetidas vezes. Artista, tendo a profissão de palhaço, o parlamentar sempre preferiu ficar no canto, sempre aceitando tirar fotos e selfies pedidas.

Ao final do rápido discurso, ele recebeu alguns aplausos, como do colega Esperidião Amin (PP-SC). Os demais 31% dos entrevistados classificaram o trabalho dos deputados e senadores como regular. A percentagem de pessoas que classificam o trabalho dos congressistas como ótimo ou bom caiu para 5% na pesquisa desta terça-feira.

Comentários