Mais de um quinto dos trabalhadores ganha o salário mínimo em Portugal

Ajustar Comente Impressão

O número foi avançado nesta terça-feira pelo Governo durante uma reunião da Comissão Permanente da Concertação Social para discutir o aumento do salário mínimo no próximo ano.

De acordo com o mais recente relatório de acompanhamento do acordo sobre a remuneração mínima, cerca de 728 mil trabalhadores portugueses recebiam, no primeiro semestre, o salário mínimo nacional.

No documento apresentado aos parceiros sociais, o Governo nota que o impacto da actualização do SMN na proporção de trabalhadores abrangidos tem vindo a cair.

Nos primeiros nove meses deste ano foram celebrados 834,4 mil contratos de trabalho, o que revela um crescimento de 10,6% face ao mesmo período do ano passado.

A maioria dos trabalhadores a receber os 557 euros era da região norte (35,3%) e da Área Metropolitana de Lisboa (34,4%).

A publicação deste relatório coincide com a reunião da Concertação Social em que deverá ficar definido o valor do SMN para 2018. O Governo vai para esta reunião com uma proposta de 580 euros, sendo que a CGTP continua a pedir os 600 euros.

"Se chegaremos ao fim com o valor de 580 euros?" Do lado dos patrões há alguma resistência estes valores, exigindo compensações para as empresas mais vulneráveis.

Comentários