Stan Lee é acusado de abusar sexualmente de enfermeiras

Ajustar Comente Impressão

Stan Lee, o lendário criador de super-heróis e histórias da Marvel, foi acusado de não ter conduta sexualmente apropriada com enfermeiras que cuidavam dele em sua mansão em Hollywood Hills.

Segundo o DailyMail, a lenda dos quadrinhos, Stan Lee, teria assediado diversas enfermeiras que trabalharam para ele em sua casa.

As acusações foram feitas pela empresa que era responsável pelo serviço.

A publicação afirma que diante do comportamento do desenhista, a empresa que oferecia os serviços de enfermagem acabou encerrando seu contrato com Lee. As enfermeiras disseram que Lee andava nu pela casa, pedia para que elas fizessem sexo oral nele e ainda passava as mãos nas partes íntimas das mesmas.

Os advogados de Stan Lee negam as acusações, afirmando que as denúncias são "falsas e desprezíveis" e que estão processando a empresa.

Apaixonada por séries, leitora assídua, gamer nas horas vagas.

Comentários