"Voltei para ganhar a Libertadores", diz Tevez na apresentação no Boca

Ajustar Comente Impressão

Mas ele sabe que, primeiro, precisa reconquistar o bairro de La Boca, em Buenos Aires, onde se concentra a maioria da torcida do Boca Juniors, que espera o título da Copa Libertadores na terceira passagem do ídolo pelo clube.

Perto de completar 34 anos, Carlitos Tevez foi apresentado nesta terça-feira (9) pelo Boca Juniors para o que talvez seja seu último contrato como jogador profissional. O atacante de 33 anos, por sua vez, venceu o torneio em 2003, atuando pelo próprio clube argentino. É o momento de tirar esse peso e ganhar a Libertadores, é isso que todos desejamos. Na coletiva de imprensa, na sede do Xeneixe, o atacante mostrou que não está para brincadeira e afirmou: voltou para levantar a sétima conquista com o clube.

Ainda segundo o blog, Tevez chegou a ser oferecido ao São Paulo, Cruzeiro, Atlético-MG e Grêmio, que também descartaram o negócio por esses valores. "Fisicamente estou bem porque vinha me preparando e estou pronto para jogar já".

Tevez assinou um contrato de dois anos com o Boca Juniors e deixou aberta a possibilidade de aposentadoria no final de 2019, quando terá 35 anos.

"Sei que me resta pouco no futebol e quero desfrutar ao máximo". Quero aproveitar esses dois anos que firmei com o Boca porque são os últimos que me resta.

"Já não me falta tanto tempo no futebol e tenho que aproveitar".

O argentino jogou apenas 17 partidas ao longo da última temporada, no Shanghai Shenhua, da China, e voltou ao Boca há apenas três dias.

Comentários