Alerta de desastres naturais pode ser enviado por SMS

Ajustar Comente Impressão

Ele ressalta que o serviço é gratuito e tem como objetivo orientar a população quanto aos procedimentos a serem tomados em caso de risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências nas áreas urbanas e rurais.

Para parar de receber o SMS, a pessoa poderá pedir a retirada de seu número de telefone a qualquer momento. Em 18 de dezembro o serviço começou a ser oferecido no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

No total 1.942.528 assinantes já utilizam o serviço, já foram enviados 1.775 alertas e enviadas 24.851.355 mensagens de texto nos estados participantes (Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo e Rio Grande do Sul). No Estado, 20 municípios estão sendo monitorados por conta das fortes chuvas, estando 16 deles sob decreto de situação de emergência. "Com a informação, com a tecnologia, podemos poupar vidas e diminuir todos os impactos dos desastres naturais que acontecem pelo Brasil".

A iniciativa foi lançada em fevereiro do ano passado e desde então, foram enviadas 19.387 alertas informando comunidades sobre o risco de desastres naturais. Nos seis estados onde o serviço está ativo, já são 1,8 milhão de celulares cadastrados.

Coordenado pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério da Integração, o sistema está sendo implantado em parceria com a Defesa Civil dos Estados e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Barbosa ressalta, ainda, sobre a importância da participação popular junto à Defesa Civil de cada cidade, justamente para conhecer quais são as medidas mais adequadas para cada região. "Podemos enviar tanto alertas para vários municípios ao mesmo tempo, quanto específicos, por exemplo, somente à população de Coxim informando sobre o nível alto do rio Taquari e orientando a população ribeirinha de como agir", exemplifica o coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Fábio Catarinelli.

Para receber os alertas, as pessoas devem se cadastrar no serviço, que é gratuito. "Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse". Ao responder indicando o CEP, o celular do usuário já está apto para receber alertas da Defesa Civil.

Convocação - Ainda de acordo com a Anatel, a convocação para que os moradores participem do programa será feita pela seguinte mensagem que será enviada aos celulares da população: "Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos". "Se o usuário desejar, é possível cancelar o recebimento dos alertas também por mensagem de celular", explica o órgão.

A Defesa Civil Estadual explicou que não haverá informativo sobre previsão do tempo.

Até março, o serviço vai ser ampliado para todo o país. Em fevereiro, o Distrito Federal, o Mato Grosso e o Tocantins também passam a receber os avisos.

Comentários