Incêndio em Tondela faz pelo menos oito mortos e 34 feridos

Ajustar Comente Impressão

"Temos no local cerca de 170 operacionais, entre viaturas de socorro, ambulâncias e meios de combate e seis equipas médicas do INEM que montaram um posto médico avançado de forma a fazer triagem a todos os feridos", explicou. Neste grupo está incluído um adolescente de 15 anos que foi transportado para um hospital da capital, de acordo com o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, que se encontra em Vila Nova da Rainha.

Já o presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, considerou como "muito crítica" a situação.

O incidente terá sido causado devido à explosão de uma caldeira, confirmou o autarca. No entanto, os mais graves vão ser transportados para hospitais de Lisboa e Porto.

O alerta foi dado pelas 21h45, numa altura em que se encontravam 70 pessoas no interior do espaço, onde decorria um torneio de sueca.

"Há dezenas a serem retirados do local e ainda não conhecemos o número exato, mas há vários feridos com gravidade", disse um bombeiro de Vale de Besteiros. Governo está a acompanhar situação.

O incêndio ocorreu durante um jantar numa associação recreativa naquela localidade, causando ainda pelo menos 36 feridos, entre graves e ligeiros, de acordo com o oficial de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) Paulo Santos.

O Presidente da República vai ao local este domingo ao final da manhã.

O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social activou a Linha Nacional de Emergência Social através do número gratuito 144, na sequência da explosão em Tondela.

Comentários