Facebook investirá até US$ 10 milhões em programa para líderes de comunidades

Ajustar Comente Impressão

Na ocasião, o Facebook Inc.se comprometeu em investir dezenas de milhões de dólares no programa, incluindo até US$ 10 milhões em subsídios que irão diretamente para pessoas construindo e liderando comunidades.

O Programa de Líderes de Comunidades do Facebook, O Programa de Líderes de Comunidades do Facebook, foi desenhado para capacitar líderes de todo o mundo que estão criando comunidades por meio da família de aplicativos e serviços do Facebook. Outros 100 líderes recebem até 50 mil dólares cada para serem utilizados em iniciativas especificas da comunidade.

Entre os apoios criados estão as oportunidades de "residência" e "fellowship".

Em declarações ao Observador, Ime Archibong, vice presidente de parcerias do Facebook, afirmou: "Estamos a dizer que por detrás destas comunidades há uma pessoa, um único líder que usou o seu tempo para criar algo".

O executivo da rede social comentou também que "há mais há mil milhões de pessoas a utilizar os grupos [do Facebook] e dezenas de milhões de utilizadores que se tornaram líderes das comunidades que criaram".

A rede social introduziu também "novas ferramentas para administradores de grupos" e a "expansão da equipa de engenharia localizada em Londres que desenvolve tecnologia para ajudar a manter as pessoas seguras no Facebook". Com as novas funcionalidades, os administradores dos grupos poderão agora, por exemplo, publicar regras de conduta que sejam visíveis para todos os membros e escolher uma cor para a página do grupo.

Além deste incentivo o Facebook vai criar grupos "Power Admins", uma plataforma que junta os administradores americanos e britânicos mais influentes seleccionados pela rede social para "partilhar conhecimento".

Outro dos grandes focos da apresentação feita por Chris Cox, diretor de produto do Facebook, foi o alargamento da equipa de segurança da comunidade.

Personalização: Cada comunidade tem sua própria identidade - agora os administradores podem adicionar uma cor personalizada que é exibida em todo o grupo.

Em Portugal há vários exemplos de utilização destas ferramentas, como grupos de venda de produtos em segunda mão, grupos de turmas de escola ou faculdade e até um grupo de amigos do antigo primeiro-ministro José Sócrates. O objetivo é reduzir as situações de fraudes e assédio e banir contas falsas de utilizadores.

A "Communities Summit Europe" contou com a participação de mais de 300 líderes de comunidades de toda a Europa, incluindo as comunidades portuguesas Portuguese Women in Tech e o Centro de Investigação em Biomedicina da Universidade do Algarve.

O Observador está em Londres, no Facebook Summit Europe, a convite do Facebook.

Comentários