Grey's Anatomy lidera lista de primeiras maratonas da Netflix

Ajustar Comente Impressão

Outras séries que nos cativam são aquelas que mostram a realidade tal como ela é, como 13 Reasons Why e Grey's Anatomy. Não é pra menos, as histórias dos residentes de cirurgia médica do hospital fictício Seattle Grace (depois rebatizado de Hospital Memorial Grey-Sloan) está em sua 14ª temporada.

Foi divulgada nesta quarta-feira (07) uma pesquisa que revela o Top 10 de séries escolhidas para a primeira maratona dos assinantes do serviço de TV por internet. "Grey's Anatomy é a primeira vez da maioria dos assinantes da Netflix no país - sinal de que mesmo depois de tantos anos, brasileiros e brasileiras não resistem ao charme e aos dilemas de Meredith Grey", explica em release para a imprensa, sobre a série que encabeça a lista. E claro, também marcou quais são as séries mais maratonadas! Se ainda não fez, esteja avisado. Normalmente, as pessoas acabam aderindo ao serviço para acompanhar alguma série específica, seja por indicação, seja por popularidade, e essa acaba sendo a primeira maratona realizada na plataforma. Em segundo lugar, os brasileiros escolheram The Walking Dead, com Narcos ocupando a terceira posição.

Regra geral, esperam até ao terceiro encontro, mas com a Netflix bastam apenas duas semanas (12 dias, para se ser mais exato) para que a maioria dos subscritores vá "até ao fim".

TOP 10 Netflix
Já 'maratonou' uma série na Netflix? Confira quais as preferidas no Brasil

Metodologia: Maratona é definida como assistir pelo menos a uma temporada de uma série dentro de sete dias após o início.

E você? Lembra da primeira série que maratonou na Netflix? Os assinantes da Netflix sempre fazem escolhas interessantes na hora de escolher qual série maratonar na plataforma de streaming, principalmente quando se trata da sua primeira maratona. A análise é focada em assinantes que aderiram à Netflix nos últimos cinco anos. Todas as séries deTV foram incluídas, exceto o conteúdo Kids/Family e as temporadas com menos de 5 episódios.

Comentários