Neymar garante vitória do PSG sobre o Toulouse

Ajustar Comente Impressão

Não chegou a ser brilhante, mas além disso assim foi o grande nome do Paris Saint-Germain ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Toulouse - além disso mandou duas bolas na trave.

O Paris Saint-Germain continua impossível no Campeonato Francês. Enfrentando o Toulouse, fora de casa, os líderes da competição dominaram o primeiro tempo, mas só conseguiram abrir o placar na etapa complementar, onde foram mais eficientes para assegurarem o triunfo por 1 a 0, com gol de Neymar, que chamou a responsabilidade e conseguiu furar o forte bloqueio defensivo dos rivais, que lutam contra o rebaixamento.

O resultado deixou o Paris Saint-Germain ainda mais próximo do título da competição. Está com 65 pontos, agora 13 na frente do vice-líder Olympique de Marselha.

O time de Unai Emery agora se concentra para a partida contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu, pelas oitavas de final da Uefa Champions League.

A equipe, porém, sentiu os desfalques.

Com o gol, Neymar chegou a 19 gols no torneio. Grande nome do time parisiense no jogo com passes e chutes, o camisa 10 fez boa jogada individual dentro da área para marcar pela 19ª vez na liga.

Bastante caçado nos primeiros 45 minutos do confronto, Neymar continuou participativo, mas foi outro jogador do PSG que, por pouco, não garantiu a vantagem para a equipe visitante antes de se dirigir ao intervalo.

Antes do gol do brasileiro, o goleiro Alban Lafont era o grande nome da partida. Di Maria ainda quase alcançou para desviar e colocá-la no fundo das redes, mas também não pôde evitar o tiro de meta para os donos da casa.

E, no segundo tempo, Neymar novamente decidiu para o PSG.

Após muita insistência, o gol saiu aos 22 minutos da segunda etapa, quando Di María deu lindo lançamento de três dedos para o brasileiro, que cortou o zagueiro e bateu cruzado. Foi o 19º gol dele, apenas dois atrás de Cavani, o artilheiro do campeonato. O brasileiro driblou o marcador e chutou cruzado. Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários