Ator de 'Psicose', John Gavin morre aos 86 anos de idade

Ajustar Comente Impressão

O ator de Psicose, John Gavin, morreu ontem aos 86 anos nos EUA. Gavin foi hospitalizado antes do Natal e morreu por volta da 6h da manhã em sua casa, em Beverly Hills, rodeado pela família.

Budd Burton Moss, empresário da mulher de Gavin, a atriz Constance Towers, disse que ele morreu na sexta-feira, 9, mas não confirmou a causa da morte. Um dos melhores homens que conheci e (que foi) como um irmão para mim. "Que ele descanse em paz". E quando o seu amigo e também ator Ronald Reagan se tornou presidente dos Estados Unidos, em 1981, convido-o - pois falava espanhol fluentemente e tinha raízes mexicanas, espanholas e chilenas - para ser o embaixador de Washington no México.

Desde jovem, John Gavin mostrou interesse nas suas duas paixões: o cinema e a carreira diplomática.

Gavin interpretou Julio Cesar em Spartacus e o amante divorciado de Janet Leigh, Sam Loomis, em Psicose, clássico de Alfred Hitchcock.

Sua filmografia inclui outros longas-metragens como "Imitação da vida" (1959), "A teia de renda negra" (1960) e "Positivamente Millie" (1967). Em 1971, foi eleito presidente do sindicato de atores norte-americanos (SAG - Screen Actors Guild).

Comentários