Doria defende coalizão de PSDB, MDB, DEM, PP, e PSD

Ajustar Comente Impressão

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), não conseguiu ontem demover o MDB de lançar candidato próprio a governador em São Paulo. De acordo com o prefeito, a aliança, que envolveria o PSDB, PMDB, DEM, PP e PSD, poderá se repetir na eleição ao governo paulista.

Michel Temer incentiva João Doria a se candidatar ao Palácio do Planalto. "Se pudermos estar juntos, melhor", resumiu o prefeito de São Paulo.

Temer insistiu que o MDB "está compromissado" com a candidatura ao governo de São Paulo do presidente da Fiesp, Paulo Skaf contra Geraldo Alckmin.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Comentários