Segundo funcionário da Casa Branca se demite por denúncias de violência doméstica

Ajustar Comente Impressão

"A vida de pessoas está a ser destruída e destruída e por simples acusações".

No dia 7 de fevereiro, o chefe de equipe da Casa Branca, Rob Porter também renunciou ao cargo depois que duas ex-esposas o acusaram publicamente de abuso doméstico. Algumas são velhas e outras novas.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou esta sexta-feira Rob Porter, um antigo assessor que se demitiu na sequência de dois casos de violência doméstica tornados públicos.

O Presidente norte-americano não explicou a que se referia nas suas declarações no Twitter, onde hoje publicou várias mensagens.

"Ele trabalhou muito na Casa Branca", disse Donald Trump no seu primeiro comentário sobre o caso.

Comentários