Acidentes nas estradas federais do Rio deixam cinco mortos e 104 feridos

Ajustar Comente Impressão

Durante esta quarta-feira (14) deve ser bem intenso o tráfego de automóveis nas rodovias.

Balanço divulgado hoje pela PRF apontou aumento de 25% no número de acidentes e de 33% no número de mortes nas rodovias e queda de 15% no número de acidentes graves, em relação ao Carnaval do ano anterior.

Em entrevista ao GP1, o superintendente da PRF, Welendal Leal Tenório, informou que subiu para sete o número de pessoas que morreram em acidentes nas rodovias federais do estado.

Foram autuados 1.497 motoristas por embriaguez ao volante, número 22% menor do que no mesmo período do ano passado, onde foram flagrados 1.914 motoristas embriagados até a terça-feira de Carnaval. Já os acidentes sem vítimas tiveram queda de 29,27%. Apesar dos dados de 2018 ainda estarem incompletos, a assessoria de imprensa da PRF espera que a redução do números de acidentes se confirme quando os dados deste ano forem consolidados.

A Polícia Militar Rodoviária ressalta que a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada se os motoristas fossem mais prudentes.

Até 0h de ontem, as equipes da PRF fiscalizaram 144 mil veículos, com o objetivo de verificar as principais condutas irregulares - ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, mistura álcool e direção, e falta de equipamentos de segurança. "Infelizmente boa parte das pessoas ainda não entenderam os graves riscos que essas infrações causam no trânsito e acabam prejudicando suas vidas e a de terceiros", revelou um agente da Polícia Rodoviária Federal que participa da operação. "Em busca de localizar armas, drogas e adulteração de veículos", disse o policial.

Comentários